Notícias

Loja de móveis fecha as portas e deixa mais de 200 clientes na mão

Loja de móveis fecha as portas e deixa mais de 200 clientes na mão

Golden Planejados tinha endereços em Santo André e na Zona Leste, em São Paulo

26 de Janeiro de 2016 – 17h09m  Autor: Redação (ReclameAqui Notícias)

Muitos consumidores estão com problemas com a loja Golden Planejados, que tinha endereços no bairro da Mooca, Zona Leste da capital paulista, e na cidade de Santo André, na Grande São Paulo. No Reclame AQUI, pessoas reclamam que efetuaram o pagamento, mas a empresa não entregou os produtos. Pior que isso, é que a Golden, que já conta com mais de 136 reclamações no Reclame AQUI, teria falido e deixado todos os clientes na mão. Duas outras fabricantes, Romanzza Simonetto Design também são citadas nas queixas.

Reclame AQUI Notícias ouviu consumidores, as empresas envolvidas e consultou advogados para entender melhor o caso. De acordo com relatos, os sócios da Golden Planejados, Leandro Alonso e Adenilson Santana, pararam de atender os clientes em meados de janeiro deste ano, estão com outros contatos indisponíveis e fecharam suas contas em redes sociais. Estima-se que 200 clientes foram prejudicados pela empresa.

Foi o caso do gerente de e-commerce, Arnaldo Bertolaccini, 31 anos. Morador de São Paulo, ele comprou com sua esposa móveis para um closet e para lavanderia em outubro de 2015, porque já tinha comprado da Golden Planejados dois anos antes. “Fui bem atendido na época. Não pensei que teria problemas”. E teve! Depois de meses de negociação, o casal não recebeu os móveis e, a poucas semanas de ganhar o primeiro filho, contam com um prejuízo de mais de R$ 7 mil. “Consegui um desconto e paguei tudo à vista. Hoje, não consigo mais falar com os donos da loja”, relatou o consumidor, que deixou sua queixa no Reclame AQUI.

Consumidores se juntam nas redes sociais

Muitos consumidores prejudicados pela Golden Planejados se encontraram pelo Reclame AQUI e por relatos em redes sociais. Foi assim que o auditor de qualidade, Ricardo Meirelles, 36 anos, resolveu fazer um grupo pelo Facebook. Com o título de “Golden Planejados – FALIU! Quem paga a conta?”, quase 30 consumidores compartilham do mesmo problema e trocam informações sobre a loja e seus sócios.

“A ideia foi reunir o pessoal. Temos um grupo pelo WhatsApp com mais de 100 pessoas com o mesmo problema”, disse Meirelles, que também deixou sua queixa no Reclame AQUI. O consumidor já perdeu R$ 20 mil e luta para não pagar os R$ 12 mil restantes. “Parcelei e agora tenho que ver com os bancos como posso fazer”.

Os dois consumidores citados compraram na loja localizada na Avenida Paes de Barros, na Zona Leste da capital paulista. Em outra loja, em Santo André, na Grande São Paulo, a coordenadora de marketing Talita Rosa, 24 anos, teve uma melhor sorte. “Comprei em fevereiro de 2015 e em julho foram em casa fazer a medida. O prazo de entrega era em outubro, mas só recebi os móveis em dezembro, faltando peças. Em 22 de janeiro não consegui mais contato com os donos da loja e percebi que eles apagaram a conta no Facebook”, contou. Abaixo, o móvel que ela recebeu, sem os vidros.

As duas fabricantes que tiveram seus produtos vendidos pelas lojas da Golden Planejados garantiram, em contato com a reportagem do Reclame AQUI Notícias, que vão arcar com os compromissos com seus consumidores.

O gerente comercial da Romanzza, Daniel Sandi, contou que os problemas com a Golden começaram no segundo semestre de 2015. “Os consumidores encontraram nossa empresa (Romanzza) pelo Reclame AQUI. Quem tiver contrato conosco, vamos atender. Não vamos deixar os clientes desassistidos. Vamos responder no Reclame AQUI“, disse o representante de empresa com sede em Rio Grande do Sul. Vamos ficar de olho!

Só a Romanzza estima ter cerca de  40 clientes prejudicados. “Foi um grande  prejuízo, algo que alcança alguns milhões de reais”, disse. Para Sandi, os sócios se perderam. “O trabalho de padrão exige uma mão de obra de qualidade, com boa remuneração e, por consequência, o valor fica alto. Não dá para derrubar tanto o custo como os sócios da Golden faziam”.

No site oficial da Romanzza, há um comunicado para alertar os consumidores que compraram na loja física da Av. Paes de Barros a entrarem em contato com a empresa. Veja abaixo!

Já o diretor administrativo da Simonetto Design, Juliano Junior, localizada no Paraná, disse que 90% dos contratos de reclamantes são de cliente da Golden. “Cada consumidor tem em seu contrato o nome da empresa. Vamos analisar caso a caso, porque a gente não pode resolver o que for deles (da Golden)”, completou. Junior disse que teve acesso a contratos que chegam a R$ 70 mil para um cliente.

Para Advogado, todas as empresas são responsáveis

Um grupo de consumidores que tiveram o mesmo problema promete abrir uma ação coletiva. E quem está no caso é o advogado especializado em direito do consumidor, Valter Picazio Junior, de São Paulo. Para ele, não importa de qual empresa é o contrato. “A Golden Planejados era uma representante comercial de duas fabricantes (Romanzza e Simonetto). Neste caso, todas as empresas da cadeia respondem solidariamente pelos consumidores que se sentiram lesados. O objetivo nosso é identificar cada caso e exigir o cumprimento do contrato ou até mesmo a devolução do dinheiro”, alegou.

Sábado, dia 30, Picazio deve receber cerca de 40 consumidores para ouvir as histórias durante uma reunião. “Cada situação deve ser individualmente cuidada, independente do contrato. Existem consumidores que chegaram nas empresas por meio de folderes de publicidade falando de duas empresas juntas, e também temos que analisar o destino dos pagamentos que já foram efetuados”, disse.

Reclame AQUI Notícias teve também acesso ao contato de um dos sócios citados, mas o telefone estava desligado. O site oficial e as páginas em redes sociais também estão fora do ar.

FONTE: RECLAMEAQUI NOTÍCIAS

http://noticias.reclameaqui.com.br/noticias/loja-de-moveis-fecha-as-portas-e-deixa-mais-de-200-clientes_2056

Compartilhe nas redes socais!
Whatsapp

Curta nossa pagina de facebook